O Rei das Blue-Chips!

O Rei das Blue-Chips!
O objetivo deste blog é de mostrar opiniões sobre o mercado de ações no Brasil.

22/02/2011

CPMF NÃO ! CSS NÃO !! Vamos dizer não à roubalheira!

A aprendiz de ditadora Dilma já está articulando uma nova rodada de roubalheira, fingindo que os governadores do NE querem a volta da CPMF CSS e que ela iria somente "concordar".

ACORDEM! Quando os ladrões do planalto criam esse imposto para a saúde, não há mais verbas para esse setor: eles eliminam os repasses de outros impostos e substituem pela CPMF CSS. É apenas uma criação de mais um imposto para financiar a gastança irresponsável.

À exemplo da Líbia e de outros países, já passou da hora de acordarmos.

Vamos voltar a enviar emails a deputados e senadores.

Acessem este link, que já tem um texto e a lista dos emails!

Vejam o link da CPMF NÃO no twitter: http://twitter.com/search?q=%23CPMFNAO
-

29 comentários:

  1. Mas um imposto com o objetivo de promover gastanças no governo inresponsavel que rouba o dinheiro do povo para pagar juros para titulos publicos que os gringos tem aos montes!

    ResponderExcluir
  2. Aproveitando o tema,que tal fazer uma campanha anti-PSDB e os seus desmandos com os pedágios nas estradas,como o seu amigo aqui???

    ResponderExcluir
  3. Não sou partidário de nada, só quero uma boa adm publica.

    E eu acho bom ter os pedágios com ótimas rodovias. Só não pode abusar das tarifas - neste caso, tem que protestar mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Rei Mei,

    Mudando de assunto 01:

    Se vossa majestice me permite,

    Tá um movimento danado contra os seus primos: os reis lá das arábias.

    Então eu pergunto:

    Vossa Grandeza não temes que essas revoltas orientais venham a contaminardes alguns de seus súditos mais afeitos a vira-casacas?

    PS - aproveito o ensejo para reiterar minha fidelidade gnômica a vossa eminência: até morte!

    Mudando de assunto 02:

    Com a bolsa só de ladinho,

    Quais os conselhos que vossa alteza ensina aos seus súditos, que já estão casadinhos há muito tempo (com ações, é claro...) pra quebrar a monotonia dessa relação tãoooo paradinha e sem graça ?

    ResponderExcluir
  5. Isso mesmo Gnomo. Eu, como Rei, sei muito bem como é manter a turba quieta em um reino. Sorte aos meus colegas lá das arábias, KKKKkk.

    Quanto à bolsa: parece que gringos perceberam que EUa vão melhorar e por isso venderam aqui para comprar lá - então, ha´um problema de fluxo.
    Mas aqui ainda há ótimas oportunidades. Acho que ogx, elet3, pmam3 são uma boa para o MP - até uns 3 anos -.

    Sobre outras oportunidades (o que comprar ou não) só estudando cada caso mesmo. Por isso, nada melhor que opiniões fundamentadas - vide meu graaaaaaaaaaaaannnnnnnnnnnde amigo http://analisedefundamentos.blogspot.com/

    Sobre o blog analisedefundamentos.blogspot.com , daqui a pouco vou finalmente fazer uma revelação bombástica que vai abalar o mundo das finanças no Brasil KKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  6. Rei Mei !!!!!

    Tenho até medo do que sejam essas tais revelações no Mundo das Finances!

    É pra permanecermos comprados ou vendidos?

    uauauauauaua

    Quanto ao pobrema de fluxo, tô pensando aqui...

    Mas se é pra se COMPRAR pra esperar 3 anos, qual o upside médio pra esses papiros vislumbrados por vossa majestice ?

    El Gnomo do MP
    Carnaval Itapira 2011 e o seu
    Tradicional Desfile de Tratores Alegóricos

    Venha e traga a sua família!

    ResponderExcluir
  7. A grande revelação está no post logo acima Gnomo!!! ; )

    ogx acho que pode chegar aos 29,00 no mínimo, após relatorio da DM e farmout; PMAM restruturou suas operações e iniciará lavra mineral, talvez 8,00 seja pouco em 2 anos; ELEt3 é para aguardar a necessária reestruturação da empresa que a Dilma terá que fazer.

    Quer mais? Pergunte ao http://analisedefundamentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Rei Mei,

    Levando em conta os preços de fechamento de ontem PMAM3 (5,22) e da OGXP3 (19,20) e comparando aos seus targets reais de 8,00 e 29,00 respectivamente, então deduzo que vossa majestice projeta um upside em torno de 50% para esses papiros ao cabo dos próximos 3 anos.

    Pois é: uma expectativa de 50% (brutos) de crescimento em 36 meses. Isso não deixa de ser algo otimista, concordo.

    Mas acho que o senhor deve melhor avaliar as probabilidades. Pra essa sua "análise de valoração” de apenas 50% em 3 anos ser algo vantajoso, tem que comparar os riscos de manutenção dessas ações no portfolio, em relação ao custo de carregamento pelo mesmo período.

    Ou seja, 50% (brutos) em 36 meses é igual à acumulação em juros compostos em torno de 1,2% ao mês. No momento é algo "relativamente perto" do que os títulos do governo com juros pré-fixados + indexação em algum índice inflacionário prometem com mais segurança e menos risco para os proximos 3 anos. Toda vez que falamos em longo ou médio prazo, isso sempre parece algo sóbrio e seguro. Mas acredite: é mais enganador que o curto prazo, sempre.

    Isto em contar dezenas de variáveis que envolvem o fato “se” haverá aceleração da inflação ou queda de juros nos próximos anos. Assim como se haverá queda ou aumento do consumo (só porque uma população aumenta nominalmente, isso não significa relação direta de crescimento do consumo).

    Fora arriscar se não haverá “ingerência” federal no controle de preços como já ocorre na gasolina (o oil internacional sobe, mas o preço nas bombas nada...); ou até mesmo avaliar que além de reestruturar uma Eletrobrás, tb será necessário investimentos pesados (despesas e capitalizações) pra estatal segurar o tranco (apagões) em caso de crescimento do consumo; isto sem contar as mesmas e possíveis “ingerências” impondo controle de repasses desses investimentos aos consumidores. E quando isso ocorre, o primeiro baque é sempre no papiro.

    Muita gente interpreta (principalmente os menos experientes) a expressão “variável” como significado de duas hipóteses: “ganhar muito acima do que era esperado”, ou, “pouco abaixo do que era esperado”. Mas o elemento curioso é que os neófitos sempre vislumbram o evento “renda variável”, como sendo: “sempre estar ganhando” (mesmo que pouquinho, rs).

    Impressionante, né?

    Inclusive, isso lembra bastante a leitura da maioria dos nossos inacreditáveis colegas (mestres de internet) e suas visões tão sóbrias e beeeem fundamentadas (mas ingênuas...) sobre o que seja investimentos para o longo e médio prazos.

    Poucos entendem que “renda variável” é sinônimo de “renda incerta”. Mas se escreverem "renda incerta" nos folders da Bovespa e da CVM, claro, o “mercado” teria sérias dificuldades de prosperar... kkkk

    Como diria, John Rothchild em seu memorável livro, A Fool and his Money: “sempre que pergunto a alguém se perdeu dinheiro em sua experiência passada com ações, TODOS são unânimes em afirmar que saíram no empate”. Traduzindo: bom cabrito não berra.

    Ehhh, Mei Rei, rs.

    É just phoder tentar prever o futuro somente interpretando os balanços. Quando o assunto é “perguntar” (tanto faz se com otimismo ou pessimismo) sobre o futuro, talvez um Astrólogo seja mais preciso que um Contador.


    Palavra de Gnomo!
    Seu Fiel Conselheiro Reau.

    ResponderExcluir
  9. Bacana seu coment e concordo com a maior parte do que vc disse.

    Mas esses preços-alvo que citei foram um belo chute e só pq vc perguntou. Eu nao havia planejado em ficar com esses papiros pelo tempo que disse e nem vender pelos preços.
    OGX acho que pode dar um up violento ainda neste ano.
    PMAM pode subir bastante pq acredito que seus balanços tendem a melhorar - e pode dar o up em um mês, se nova oferta de compra for feita.
    ELET está muito barata.

    Ok que isso pode dar 1,2% ao mês (nem conferi sua conta), mas não existe linearidade na bolsa. Se subir 15% em menos de 2 meses (ogx já fez isso agora pra´ quem comprou lá nos 17,00) pode ser uma boa vender, não?
    Os preços-alvo são na verdade um potencial para os próximos anos - não se sabe quando.
    Sobre sua crítica à interpretação de balanços: veja que não são somente balanços. São eles + os outros documentos divugados + análise do setor, "salpicado" com a experiência do analista (que varia de indivíduo para indivíduo). Portanto, pode ser melhor que um astrólogo!

    Gnomo, senti uma certa arrogância sua no seu comentário. Vc parece acreditar que a maioria acha que renda variável representa um ganho variável, e não uma perda variável.

    Vc está errado. A maioria não acredita que pode ganhar na bolsa, tanto é que a bovespa luta aí para amealhar 5 milhoes de cpf e hoje conta com míseros 600 k.

    ResponderExcluir
  10. "A maioria não acredita que pode ganhar na bolsa, tanto é que a bovespa luta aí para amealhar 5 milhoes de cpf e hoje conta com míseros 600 k."

    Rei Mei,

    Isso aí é uma contradição, visto que é até razoável esperar que a maioria acredite, SIM, que possa ganhar na Bolsa.

    Porque - obviamente - estamos falando da "maioria ativa" dos que JÁ estão cadastrados e investindo na Bolsa. Não estamos falando da maioria que AINDA está de fora do mercado.

    E não sou eu, mas principalmente a maioria dos estudiosos do mercado que já constataram há décadas - infelizmente - que todo neófito sempre acha que renda variável representa "ganho variável", sem atentar para real compreensão do seu significado.


    El Gnominho Arrogante

    "Tudo é relativo e nada: é o que parece"

    ;^)

    ResponderExcluir
  11. KKKKKKK, aí Gnomo, se vc comprasse OGXP3 ontem já teria hoje seus 1,2% em apenas um dia!

    E nem falo das opções série C dela .


    Sobre esse estudo aí de que TODO neófito acha que vai ganhar na bolsa, acho que é a maior furada. Se fosse assim, TODO neófito entraria com todo capital e ainda alavancaria.
    Alguns realmente se ferram com essa crença, mas pelo que vejo a maioria é muito cautelosa e deixa de ganhar mais por excesso de medo - ótimo, pq também o risco é menor.

    ResponderExcluir
  12. Rei Mei,

    Somente peço paciência com esse seu vosso ignorante gnominho, que ainda não compreende a leitura de todo esse oceano bursátil, no qual vossa eminência navega e governa com tanta maestria e coragem, em mares de riscos tão menores em razão das racionais e cautelosas sardinhas que por ali habitam...

    Um dia ainda absorvo - com todo o respeito - uma pequena parcela de toda essa sua sabedoria!


    El Gnomo de Itapira

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKK, deixa de tanta ironia e compre logo um relatório do http://analisedefundamentos.blogspot.com/

    sei que vc está morrendo de curiosidade.

    Recomendo o relatório da LLX Portx.

    ResponderExcluir
  14. kkkkkk

    Vossa Majestice aceita como pagamento pelos relatórios umas opiças ValeC50 que eu comprei a R$1,02 ?

    Agora na pedra tão a R$ 1,11.....

    El Gnomo Mercador

    ResponderExcluir
  15. Ué, comprando opiças a seco? Mas não foste tu que discursaste aí acima sobre o grande risco do mercado? Achei que vc estivesse no tesouro direto e vindo aqui só para zoar.

    ResponderExcluir
  16. Mei Rei,
    Rei Mei...

    Certa vez um garoto, muito mais esperto que muito coroa com 20 anos praia, certa vez escreveu num momento de lucidez num desses fóruns malucos, que tanto nos divertem enquanto o tempo passa durante a monotonia do pregão:

    "o grande risco está no fato se vc REALMENTE sabe o que está fazendo"


    Acredite: compra opiças à seco, se vc REALMENTE sabe o que está fazendo É mais seguro que dormir abraçado com bluechips compradas à seco... rs.

    Eu é que desejo que vossa majestice fique "curioso", pra tentar compreender e estudar com mais afinco essa e outras questães além do universo adivinhatório das análises sobre o mercado... kkk

    El Gnomo de Itaopiças

    ResponderExcluir
  17. Pois é, vivendo e aprendendo.

    Quase imaginei que agora o bom é comprar opções a longo prazo e que as ações passaram a ter prazo para exercício, KKKKKKK.

    Um mesmo garoto esperto uma vez escreveu que "opções é o cemitério do malandro".

    já vi muita gente saber o que estava fazendo até ver as opiças virarem pó.

    É isso aí, opções para longo prazo, a nova onda do mercado.

    ResponderExcluir
  18. certa feita ouvi na feira que isso tudo só prova que o bátema é um fdp.

    o relatório da pbr no site recomendado por vossa majestade está R$ 25,00.

    esse preço está bem mais caro que os relatórios de um clube/site fundamentalista austríaco itapiroca (se fizer o cálculo anualizado heheh).

    será que eu devo fazer a alocação migrando de lá pra cá?

    e outra, se juntar vários gnominhos ganha desconto?

    gnomos, uni-vos.

    ResponderExcluir
  19. esqueci de assinar.

    ---
    El gnomo cabra-macho, porém amigo do El mamute chiquitito.

    http://www.youtube.com/watch?v=-eEyWcGgmNY

    ResponderExcluir
  20. Ahhhhh mas data venha, cemitério de malandro é querer pular muro de visinho raivoso com o dito cujo ainda em casa...

    O mercado de derivativos só leva essa fama malvadona, por conta de uns mestres livristicos e interneticos que pregam dentre outras umas estratégias berrantes e quadrupedes, mais furadas que peneira.

    É verdade que o estreito é apertado, mas se o cidadão procurar aprender de verdade sobre o mercado ele vai pelo menos saber o que é a coisa com mais propriedade... e não sair mais falando por ai que o visinho é bravo quando na verdade ele só não conhece o cabra.

    Sendo assim acompanho o Gnomo de Itaopças, acho que comprar opções a seco é menos arriscado que casar com um ativo hoje azulado e amanhã ele sair da moda....

    abraços

    ResponderExcluir
  21. Interessante esse debate sobre os neófitos e suas crenças, outro dia vi o Marcio Noronha, tido por muitos como "mestre", dizer que numa corretora em que ele trabalhava notou-se que em média as contas duravam 6 meses em atividade, o tempo que os "investidores" levavam para torrar o depósitos iniciais que eram também em média da ordem de 5K.

    Muito legal esse lance de analises de balanços e outros documentos divulgados, além da esperiencia do analista... os sócios da Erom e da Sadia que o digam.

    O Gnomo Guarda do Jardim

    ResponderExcluir
  22. Do jeito que tu escreves parece que todas as empresas divulgam informações criminosas tipo Enron.

    Na verdade é o contrário: Enron, Sadia, Panamericano são exceçoes.

    No caso do Panamericano, já dava para desconfiar bem antes porque o seu presidente era pessoa totalmente estranha à área financeira (parece que o cara era prof de educaçao fisica, não? )

    No geral, as empresas divulgam informações confiáveis.

    ResponderExcluir
  23. Ahhhhhhhhhhh Desconfiar? Que é isso? Será que precisa?

    O ex dono do pampampam, primeiro abre o capital, embolsa uma grana, depois vende parte do negócio pra um mega sócio (ou seria uma mega sócia?), novamente embolsa uma grana, depois passa uns anos recebendo dividendos gordinhos, baseados em seu balanço [maquiado?]. Por fim, o brinquedo quebra e ele vende a massa falida a um outro banco, que leva a massa, mas não as dívidas pro novo proprietário.

    e o MEGA SÓCIO que em tese conhece muito, nunca desconfiou? Injetou capital no negócio?
    e as dívidas?

    e o almoço, é free?

    E agora José?!?! Maquiagem em balanço tá igual rosto de povo televiso? Se procurar acha... uns com mais dificuldade... outros com menos...

    Haja formação contabil ou jurídica tributária pra entender ou desentender....

    Fácil confiar ou desconfiar?

    O Gnomo Guarda do Jardim

    ResponderExcluir
  24. Rei Mei! Rei Mei!

    Fui aqui na estante do meu sítio em Itapira e achei um alfarrábio véio escrito por um tal de Malkiel (A Random Walk Down Wall Street) é o gringo escreveu o següente:

    "A firm's income statement may be likened a bikini: what it reveals is interesting but what it conceals is vital"

    Afimaria... ele é igualzinho a vossa alteza: só vê muié de bikini quando pensa sobre o mercado!

    kkkkkkk

    É por essas e outras que sou seu fiel vassalo!

    El Gnomo de Bikini
    Uma visão do Inferno

    ResponderExcluir
  25. Isso aí mesmo Gnomo, o que os informativos escondem é o que é mais importante.

    Trata-se da velha questão do DISCLOSURE, tão debatida por aí.

    Não é à toa que o blog http://analisedefundamentos.blogspot.com/

    coloca "desvendendo o que está por trás dos informativos".

    Veja o caso da Inepar: sua DRE é até boa e dá até vontade de comprar. Mas se vc observar as ressalvas dos auditores (e algumas outras informações), evitaria o papiro como o diabo evita a cruz.

    Veja o caso da Natura: excelentes informações contábeis, mas será que já não está tudo precificado e no momento não está cara?

    É por isso que eu recomendo o blog porque o analista é bom!!! KKKKKKKK

    ResponderExcluir
  26. Rei, já que recomendas...

    quais seriam as fontes do bom analista?

    Tenho certeza de que devem ser muito boas, mas quais são?

    ResponderExcluir
  27. Perdão adentrar vossos salões assim tão abruptamente ó sábio Rei, mas após acompanhar as participações de alguns companheiros gnomicos e outros não gnomicos, pergunto se Vossa Majestade já tem conhecimento de que deu um chabú com relação aos dados divulgados nos balanços contábeis de algumas empresas por esses dias?

    Senão vejamos:
    Ao que consta a Comissão de Valores Mobiliários (CVM)verificou que nos balanços das empresas mais importantes do mercado existem uns tais "desvios recorrentes" no nível de informação de pontos considerados críticos.

    Segundo informações divulgadas andam faltando informações relevantes nas notas explicativas para que os leitores dos balanços possam tirar conclusões sobre as empresas.

    Ai, por conta da abrangência dos problemas (cerca de 80% do universo analisado tinha problema), nos próximos dias será enviado um alerta a todo o mercado para que os problemas não se repitam neste ano.

    Mais uma vez saúdo ao grande Rei, desejando-lhe votos de vida longa e próspera.

    The Austrian Gnome

    ResponderExcluir
  28. 1 - Como assim "quais fontes do analista"?

    Se vc quer saber onde são coletadas as informações, só podem ser na CVM e BMF Bovespa, sites de associações empresariais, das empresas analisadas, revista Conjuntura Econõmica e etc.

    2 - Austrian Gnome, sempre é bom vir aqui e agregar com notícas novas.
    Interessante notícia mesmo, que achei neste link

    http://www.cfc.org.br/conteudo.aspx?codMenu=67&codConteudo=5379


    A notícia diz que a maior parte dos erros refere-se a notas explicativas que "não
    explicam" e aos contratos de parte relacionadas.

    Esses contratos são zerados no balanço consolidado, que somam as dívidas e créditos
    entre empresas do mesmo grupo (que dá zero), sobrando apenas os contratos feitos com controladores
    (que na maior parte das vezes são valores não relevantes).

    Os testes de impairment são problemáticos por definição. Imagine definir o valor de mercado
    de ativos enormes, tipo da CSN, Vale, Petro, Eletropaulo, Eletrobrás... Sempre vai dar erro.
    Mas já é um grande avanço se a empresa já os faz.

    Na verdade, enxergo essa notícia como benéfica, pq mostra que a CVM está de olho e tentando
    prevenir os erros antes que aconteçam, conforme trecho abaixo. Assim, os balanços e outros
    informativos tendem a mostrar cada vez mais a situação da empresa (dependendo de quem analisa e
    por isso que recomendo cada vez mais o blog analisedefundamentos.blogspot.com, dada sua experiencia profissional
    e acadêmica , ;)

    "o trabalho de supervisão continuará e, a depender da relevância, do caso específico e da existência ou não de reincidência, a CVM pode exigir a republicação dos balanços e também abrir processos para avaliar a conduta dos administradores e auditores.

    A autarquia vai ponderar na avaliação o fato de os normativos que exigem mais transparência serem uma novidade para as companhias, no âmbito das mudanças contábeis para o padrão internacional IFRS, e também terem gerado dificuldades na Europa na década passada".

    ResponderExcluir