O Rei das Blue-Chips!

O Rei das Blue-Chips!
O objetivo deste blog é de mostrar opiniões sobre o mercado de ações no Brasil.

29/10/2013

OGX: comentários sobre o "Project Olympic"

No seu Project Olympic, a OGX divulgou que poderia valer US$ 2,4 bi, no início de 2014, conforme projeção abaixo:



Esse cálculo leva em conta que a dívida seria reestruturada conforme consta no plano, ou seja, restando apenas US$ 0,3 bi de dívida, além de uma capitalização de US$ 0,175 bi.

Como não houve acordo, esse valuation, que já é teórico, ficou sem sentido no momento.

Não sei qual seria o preço de emissão das ações nessa suposta capitalização de US$ 0,175 bi. Mas, considerando o atual número de ações ( 3,2 bi), o valuation acima indica OGXP3 perto de R$ 1,64.

É importante notar a expressão "no upsides", ou seja, esse valuation leva em conta a atual precificação do portfolio da empresa. Pode variar para cima (se a empresa descobrir mais ativos) ou para baixo (se a podridão imperar).

Outro item importante do documento divulgado pelo mico é o gráfico estimado de produção, abaixo:


A quantidade de BOE diária é muito pequena até 2030. Na atual situação de custos e de endividamento do mico, a empresa é praticamente inviável.

Minha conclusão de momento sobre o Project Olympic é:

a) o mico precisa muito reestruturar sua dívida, seja através de maratona, seja através de tiro-ao-alvo certeiro em algum buraco, para encontrar reservas excelentes de oil;

b) se a alternativa "a" não der certo, precisa readequar seus custos de produção, talvez abandonando as FPSO da OSX (é possível ) e tentar extrair oil com canudinhos de plástico, baldes de água ou bombas de cisternas de fundo de quintal.

c) o Feike Batista prova, cabalmente, que é um tremendo filho da puta mentiroso e enganador, talvez o maior da história do mercado de capitais brasileiro. Deveria ser, no mínimo, preso e ter todos os bens retidos para indenizar os minorOtários.

Mas ainda restam esperanças, afinal, em uma olimpíada, zebras acontecem.
-



130 comentários:

  1. Ligação direta com canudinhos de plástico...! É viável! haha

    ResponderExcluir
  2. Mey Rey...

    Confesso que não li o texto divulgado pela ogx. Como beins sabeis sou da teoria que os out-outsiders SEMPRE são os últimos saber, portanto, pertenço ao grupo mais pragmático quando o assunto é embarcar no negócio dos outros, rs

    Mas não condeno quem perscruta tudo isso. Aliás se não fosse esse tipo de investidor os supermoneys seriam até muito mais audaciosos e destrutivos. E claro, os gnomos do pragmático estariam incorrendo em riscos até maiores do que já são capazes de se conformar, rs

    Mas tenho duas dúvidas:

    (i) esse seu calculo dos preços das ações não estaria defasado levando em conta a inevitável diluição?

    (ii) não estou questionando o tal calculo do tal volume boe versus geração de caixa; mas desconfio que os negociadores da ogx não iriam sentar numa mesa de negociação tantos dias, com um cálculo de produção, no qual facilmente seria perceptível que o mesmo não tornaria a empresa depois da reestruturação viável....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, está defasado, como comentei acima: "Como não houve acordo, esse valuation, que já é teórico, ficou sem sentido no momento".

      Nem precisa ler tudo para saber que, atualmente, OGXP3 tem valuation ZERO, ou menor que ZERO, já que precisa somar, aos 2,4 bi, - 3,3 bi de divida que existem.

      Concordo com vc: esse documento já era sabido pelos insiders há muito tempo.

      Excluir
    2. E é claro que os credores enxergam alguma viabilidade na empresa, afinal, negociaram. Mas no momento, a viabilidade passa por um maior volume de oil recuperável, beeeeeeeeem acima do divulgado no Project Olim Pica.

      Excluir
    3. Ok, Mey Rey... comodifatis não prestei atenção ao seu complemento "como não houve acordo"

      Não comentei nada sobre insiders. Só falei o óbvio: somos out-outsiders. Não que eu não acredite na existência dos insiders. Mas quando se examina um caso concreto, pra citarmos presença de insiders é preciso alguma referencia mais concreta de sua atuação.

      Mas por enquanto o jeito é esperar mesmo pela zebra e assim que ela aparecer fazer sinal pra embarcamos, rs

      Grande abraço e força na peruca!

      Excluir
    4. Deixa a bola rolar. As L40 tão em posse ainda!! huhuhuhuh

      Excluir
    5. Já pensou se o tio peruka te liga pedindo pra vc exercer essas L40 que é pra vc dar uma força pra ogx?

      http://www.youtube.com/watch?v=kVLnzNM3SHk

      Excluir
    6. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Migrando para cá, vou repetir então 2 posts:

    Gnomo e Wã,

    achei um vídeo que é a cara de vocês!! rs

    http://vimeo.com/10601416

    Mas sério, vídeo mto foda!!!!! Tá nos ingrês, mas dá pra intindê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não DM. Não se trata de otimisto/pessimismo. Trata-se de distinção entre normativismo e positivismo. Com o lado esquerdo do cérebro vc lê, por exemplo, Marx. Com o outro, vc lê Popper. Como o Gnom só tem um lado do cérebro depois de cheirar muito sulfeto quando criança, ele só entende o Popper. E o Taleb traduziu o Popper. Entendeu?

      Excluir
    2. Mas vc viu o texto todo??? É mais ou menos a ideia de abraçar o pessimismo e utilizar ele como ferramenta.

      Da mesma maneira que no gerenciamento de risco vc tem que prever os piores cenários.

      A ideia central é bem parecida, pra não dizer a mesma coisa.

      Excluir
    3. Vou ver....

      Excluir
    4. O nome do bruto "de botton" me fez lembrar da família que fundou e depois afundou a Mesbla....

      Mas esse tema me fez lembrar de um economista que hoje virou filósofo: Dudu Giannetti. Ele tem um livro interessante sobre algo próximo aoo tema de Mr. De Botton: Felicidade. é um debate entre 4 pessoas cultas com pontos de vista diferentes sobre a "felicidade".

      Li há muito tempo.... Será que tem alguma a ver com a questã? Pergunta o lado direito pro lado esquerdo do gnomo.

      k-k-k-k-k

      Excluir
  4. Gnomo / Wã,

    deixa eu fazer umas contas aqui com vcs. Assim como o Gnomo já explicitou que ter uma carteira muito carregada em RV não resistirá a um Cisne Negro, que pode ser amanhã, então seria mais seguro ficar com maior parte alocado em RF, correto? Imaginemos então uma carteira 85% RF e 15% RV

    Daí eu pego esses 15% e fico operando. Se eu conseguir aí uns 1%líquido no ano seria lindo já, né? Isso daria uns 12,7%. Vai, vamos fazer 13%.

    E digamos que a RF esteja batendo uns 10%, mais ou menos como hoje.

    Rentabilidade:

    r = 0,85 x 10 + 0,15 x 13 => r = 10,45%

    Minha pergunta: mesmo obtendo um prêmio de 3% líquido, não parece ter sido tão atrativo, não é mesmo?

    E mesmo com rentabilidades maiores, alá Soros, de 20%aa, isso daria uma carteira rendendo 11,5%, partindo de resultados consistentes e regulares ao longo do tempo.

    Pergunta 1)
    Não parece muito pouco? Claro que 1,5% no LP fará muita diferença, mas por aqui o LP anda meio de lado.... rs

    2) Compensa todo esforço para obter a rentabilidade acima?

    Onde está a pegadinha?

    ResponderExcluir
  5. (i) Não entendi. O seu problema de otimização consiste na maximização de retorno de uma carteira dado o esforço de gestão. E não em um problema de otimização que tenda a minimizar a variância da sua carteira para um dado retorno, como em uma formalização de teoria carteira. Se for isso, acho que não tem sentido a sua pergunta. Vc já parte do pressuposto que o retorno de sua RV vai ser maior que o retorno de RF para sempre. Ademais, sem explicitar o risco de cada uma e a correlação entre ambas. Você é indiferente a mais um punhado de volatilidade para um dado retorno? Ademais, a sua carteira não é custosa em termos de esforço de gestão?

    (ii) Contudo, o que o Gnomo quer alertar acho que não é uma coisa e nem outra. Até pq ele deve não acreditar em teoria de carteira ortodoxa, suposição dependente de distribuição normal. Ele deve estar te alertando acerca da existência de distribuição com fat tails/excesso de curtose.

    (iii) Pq vc não vende tudo e compra os BDRs do Buffet?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (i) estou falando da média. Infelizmente as teorias de otimização de carteira pecam pelo pecado mortal de utilizar dados passados, que estão mudando a todo instante. Para fazer uma otimização, teríamos que fazer apostas em retornos e volatilidades e torcer para acertar de todos os ativos rsrsrsrsrsrsrsrsrs

      O que estou colocando é que a gestão ativa não está tá fazendo tanta diferença no retorno. E considerei dados médios. Posso ter retorno de 30% num ano e -8% em outro, por exemplo.

      (ii) Sim, exatamente. Perceba ainda que valores negativos, como num caso de fat tail negativo, vai reduzir bastante a rentabilidade como um todo. Por exemplo, um -10%, reduzirá o retorno da carteira para 7%.

      (iii) Tem BDR's eu compro? Se tiver, compro aos montes. ADR tem risco de câmbio e haja custo de carregamento pra hedgear.

      Excluir
    2. Prof, acho que vou fazer uma resposta beeeeem longa.... kkkkkkk

      A resposta da Wã está adequada; acho que a intenção dela é trazer luz a postura do investidor ainda inexperiente: visão ingênua. Pra não ficar ofensivo, vamos transformar isso em linguagem chique: naive analysis!

      Penso que alertar sobre fat tails é meio chover no molhado. Mas sei reconhecer que até o momento analisar sob a ótica de uma distribução normal pode não ser segura, mas é o que temos no momento. Sendo prudente e cético dá pra usar

      Mas quando vc escreve: "no gerenciamento de risco vc tem que prever os piores cenários." Sim, porque no frigir dos ovos é a única hipótese provável que se caso ocorra, vc tem que saber antecipadamente qual será a sua atitude e o que isso irá provocar a sua volta em qualquer tempo seja presente ou mesmo futuro.

      Vou escrever mais sobre isso.... Prepare-se Princess Wã e aperte o cinto! kkkkkkkkk

      Excluir
    3. Uma gestão ativa não está fazendo diferença no retorno. Então o seu contrafactual é uma gestão passiva na parcela de RV. É isso que está querendo propor? Pensei que a crítica era sobre a alocação em RF. Nesse caso, o contrafactual seria uma carteira 100% em RV. Tem que ter uma base de comparação. Explica melhor....

      Excluir
    4. Prof,

      A Wã foi meio que acertou na mosca quando ele jogou na mesa:
      “O seu problema de otimização consiste na maximização de retorno de uma carteira dado o esforço de gestão. E não em um problema de otimização que tenda a minimizar a variância da sua carteira para um dado retorno”

      De uma certa forma ela encerra a discussão, tipo driblou o goleiro e depois encheu o pé. Vc até constestar, xingar... Mas a nêga ta lá dentro, rs

      Mas serei pretensioso, pra variar?! Kkkkk

      Tentarei me explicar partindo da forma como vc propõe a questão:

      Onde está a pegadinha?

      Pegar 15% e ir “operando” em RV achando que um retorno médio de 1% mês será algo factível por ser aparentemente modesto é algo muito vago.

      Pra se lançar em operações regulares ao longo do ano, primeiro é preciso ter um setup com alguma estimativa de resultados positivos que se comprovem minimamente regulares com alguma consistência. Não é nada fácil conseguir isso e diversos autores americanos se especializaram nesse filão de vender livros com diversas receitas; é só consultar a Amazon.

      Mas caso vc consiga desenvolver um setup que pode ser um simples gatilho de disparo de tendência num índice ou determinado ativo; pode ser uma arbitragem entre opções ou índices; pode ser uma posição sintética que garante retornos médios acima das taxas de juros... Enfim, somente tendo um setup com expectativa positiva é que vc então vai finalmente “saber” quanto ele pode “render”; e com a “estimativa” de quanto ele rende vc poderá calcular se com os 15% do seu PL - COMPENSA – operacionalizar o setup; e também se com esses 15% será possível pontencializar essa rentabilidade. Afinal de contas 15% de pouco é nada e 15% de muito pode ser um exagero dependendo do tipo de "operação" que vc está almejando.

      Excluir
    5. O exemplo que vou descrever agora – cuidado – porque vc é meio precipitado, portanto não saia montando. Trata-se de um exemplo ilustrativo: se vc monta uma trava com opções por mês não é incomum quando ela acerta te trazer um retorno de 100% sobre o seu custo de montagem ou até mais. E claro vc não irá acertar todo mês, mas imagine se vc acertar umas 6 operações distribuídas em valores menores desses 15% ? Não será apenas uma média 1% ao mês perfazendo uns 13% por ano. Mas tem um porem: em tese vc só têm 12 vencimentos por ano. E 12 eventos é muito pouco pra se construir um setup com alguma “regularidade e consistência”. Vc pode ter 12 eventos negativos seguidos e nem por isso o setup é comprovadamente ruim.

      Resumindo: o esforço compensa em sair “operando” tanto faz se com 5, 10, 15 ou 20% se existe um setup com estimativas de rentabilidade positiva minimante regular que explore corretamente a identificação (?) da tendência vigente (alta, baixa ou estável) seja lá do ativo ou derivativo que for. Porque a rentabilidade – mesmo sendo pequena - pode ser potencializada, mas desde que seja positiva e consistente.

      Excluir
    6. Mas como já disse a Wã: é bem complicado vc partir do pressuposto que sua rentabilidade em RV sempre será superior ou mesmo no mínimo positiva (mesmo que na média..) como eu descrevo no exemplo acima.

      Mas vamos considerar que por enquanto vc não tem um setup confiável dentro dos requisitos acima exigidos. Então o melhor é se resumir a compras regulares até um limite máximo que se equilibre entre 15 a 20% de todo o seu capital dividido entre índice ibov e algumas ações que vc acredita que estejam de alguma forma mal precificadas, o que sejamos honestos é muito relativo.

      Parece pouco? Sim de fato é. Mas trata-se de um portfólio de pessoa física que não é obrigado a prestar contas a cotistas. E é somente com pequenas apostas que vc tem suporte emocional pra esperar o seu “grande dia” acontecer sem desespero em caso de demora ou perdas e sem o pior dos desesperos que é sair vendendo de forma precipitada no meio da “Mãe das Altas”.

      E uma alta de 500% sobre 15% (usando como exemplo um fundo passivo ibov de 2003 até 2013) no qual os 85% restantes já vinha paralelamente nos últimos 10 anos rendendo numa média acima de 10% ao ano em cdi... Imagine o quanto isso não pode se transformar?

      Tudo bem que o exemplo acima peca por aquilo que sempre critico: é muito fácil montar um resultado quando se escolhe o ativo e timeframe mais adequados que comprovem a nossa tese, rs

      Mas vamos tentar desenhar um cenário ruim, sem ser apocalíptico em relação a RV desconsiderando inflação: o ibov entre 2003 e 2013 ao ínves de subir 500%, caiu 50% e o cdi manteve-se dentro dos 10% médios.

      O que vc vai obter depois de 10 anos com o cenario acima? Algo abaixo, mais ainda relativamente próximo de 100% do cdi em RF. Vc tentou, arriscou, sonhou... Mas apesar de não tido êxito, vc não se expôs a um azar irreversível.

      Ou seja: a "pegadinha" é que vc mesmo gerando uma expectativa modesta - por achar que seja factível - de 1% mês em RV sobre 15% do PL, essa expectativa não é modesta e nem factível; ela é irreal por ser improvável. Nesse caso é mais racional criar expectativas de longo prazo sobre resultados extremos: ou -50% ou +500% sobre uma parcela pequena do PL em RV e correr pro abraço antes de conferir se a bola entrou ou não no gol, rs.

      Veja bem... isso é uma explicação sobre o que vc propõe como a "Pegadinha".

      Porém ressalto que a colocação de Wã "dado um retorno esperado como diminuir a variância" é conhecimento mais pacífico adotado pra se construir um portfolio até agora.

      Excluir
    7. Li e continuo com a mesma opinião. (i) O DM tem que comparar a situação dele com o contrafactual apropriado. No caso, parece que a crítica era sobre uma gestão ativa. Dessa forma, a alternativa seria uma gestão passiva para os 15% de alocação em RV. Daí, contrabalançar risco e retorno dessas duas carteiras, descontado por custos. (ii) Acho que o DM estava tentando "cercar" a carteira antifrágil. O (1-alpha) da carteira, gerada pelos cupons, ele enquadrou como gestão ativa com rentabilidade de 1%. Mas, não...é para evento fora da curva. Quem comprou EZTC depois em 2009? Não era quem estava 100% em ações em 2008, era?

      Excluir
    8. A questã é que vc está certa, por isso não tem porque mudar sua opinião.

      Agora enquadrar isso que vc falou dentro do que ele chama de "onde está a pegadinha" é complicado porque esse é a idéia mais recorrente do investidor mediano iniciante sem considerar nem percentuais de capital de risco: "vamos supor que eu consiga somente um resultado modesto de apenas 0,5 ou 1 ao mês, blablabla e tals..."

      E quando trazemos pro mundo real essas explicações, pra um leigo, as vezes essas explicações parecem quadros pendurados em nuvens como o que vc disse: "quem comprou extc em 2009 não foi quem estava 100% em ações em 2008". Com certeza, rs

      Eu entendi... Mas será que todos que lerem isso entenderam mesmo?

      Excluir
    9. Cara, entendi sim. A questão que reside em como a exposição ao risco será alta, é possível obter rendimentos muito acima de 1%am. Possível. Não disse provável! A condição, como vc já repetiu diversas vezes, é encontrar um setup que funcione dentro de um timeframe específico.

      A questão da Wã é meio bizarro de ser feito, não? Tipo, vc tem q 'acertar' suas apostas na valorização dos ativos E na volatilidade. Caso contrário, não há como otimizar corretamente. Seria apenas uma diversificação qualquer.

      Não era uma crítica à carteira antifrágil, não, Wã. Era sobre ter uma gestão ativa e não obter resultado. Assim como no exemplo timeframe de 10 anos sem sucesso. Tentou e não deu certo. Ok. Mas o velho ditado: quem não arrisca, não petisca! rsrsrsrs

      Excluir
    10. Qual era o exemplo timeframe 10 anos?

      Excluir
    11. Esquece. Entendi. DM, uma dúvida: se a PETR apostar tudo em Libra, ela terá que desinvestir em outros projetos? Supondo que não dá mais para voltar atrás em Libra, significa que poderá desinvestir de projetos até mais rentáveis que Libra? Tem alguma idéias sobre isso?

      Excluir
    12. Sem chances dela desistir de outros projetos. Bacia de Campos ainda tem muito potencial, já bem mapeada, possui infraestrtutura, custos de extração mais baratos, etc, etc

      Pré-sal é 'forçassão' de barra. Insider comment: o pré-sal é conhecido há mais de 25 anos..... rs

      Excluir
    13. Prof, na verdade falei "improvável" como sinômino de não ser possível estimar suas chances.

      A questão do setup que funcione tb temos que ser um pouco céticos porque na verdade seeee vc consegue um setup com resultados regulares (robusto) com alguma margem de certeza, vc praticamente transforma um "elemento variável" num "elemento com alguma constância" nessa equação. O que eu fiz foi só expor o problema e não resolver o problema.

      E sobre exposição alta a risco, repito: 1% am tem uma aparencia de factível por ser um resultado modesto. Mas não é bem assim. Se a volatilidade é alta é muito mais dificil. Qual é o tradeoff pra se chegar a 1%?

      O jogo é bem injusto. E quando vc diz "não obter resultado", o que seria isso? Quando estamos expostos a volatilidade "não obter resultados" pode ser uma longa sequencia de resultados fortemente negativos. E quanto isso vai representar no total do seu PL? E depois de quanto tempo? Vai dar tempo de recuperar? E como? Aumentando a exposição a volatilidade?

      É preciso estar atento pra essa armadilha. Tentar e não dar certo é válido; mas esse "não dar certo" não é válido se ele te expõe a probabilidade mesmo que mínima de ser irreversível.

      Excluir
    14. corrigindo: aonde eu escrevei no 3 paragrafo "exposição de alto risco", na verdade quis dizer "exposição a alta volatilidade"

      Excluir
    15. Uai, então o governo vai aceitar a regra de reajuste de preços?

      Excluir
    16. o manteiga disse que não, depois disse que não é bem assim.....

      wã, os donos da "gráfica" tb é supermoney.

      E bota supermoney nisso... kkkkk

      Excluir
    17. Pensando que o Mantega e a Dilma fazem sempre o pior para Petrobras, não seria de admirar vê-los cancelando tudo pra concentrar no pré-sal.

      Essa porra é um elefante branco. Tava lá esquecido pq o custo de extração do óleo exigia de 3x a 4x mais dinheiro do que na BC. Fora os zilhões de problemas técnicos devido à camada de sal.

      Mas fazer o que? O PT tem que dizer que fez alguma coisa.

      Mas estão conseguindo: quase quebrar uma petroleiro já lucrativa...... rs

      Excluir
    18. O meu "não obter resultado" era justamente ter feito uma gestão ativa para ter um ganho muito pequeno. Passa a impressão de investindo o tempo em outra atividade seria muito mais válido.

      Porém, tem toda a questão do setup....

      Sobre a gestão de risco, tem uma galera aqui comprada em OGX com preço médio de 8,00.... rsrsrsrs

      Excluir
    19. Quem tá comprado em 8?

      Excluir
    20. Uns caras aqui do trabalho.... até agora, fui o único que ganhou algum dinheiro com OGX, usando as L20!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Os caras tão putos, pq eu falei pra eles q era a boa e não entraram, kkkkkkkkkk

      Já dei o papo novamente.... essa semana tá bom de entrar novamente.... ou vai pro saco ou fogueteiro novamente.... rs

      Excluir
    21. Vc trabalha na Petrobrás? Aposta em opções da Petrobrás?

      Excluir
    22. Prof, o assunto tá ficando extenso. Mas uma coisa é importante: realmente faz parte da gestão ativa a escolha dos ativos, suas qtds, distribuições, etc...

      Mas principalmente tb faz parte que os tais resultados nunca sejam muito negativos. O resultado positivo será uma consequencia extra. Portanto o foco é como manter sob controle os resultados negativos; já os positivos deverão estar mais ao sabor do imprevisível. Algo como a Wã falou lá em cima: estar SEMPRE posicionado pra esperar e apto a receber resultados fora da curva.

      Sobre a galera da ogx comprada a 8,00 é aquilo: o cabra soube tomar essa decisão dentro de um gerenciamento de capital racional?

      Se assim procedeu nem mesmo quem comprou na maxima de 23 deve ficar preocupado. Triste sim, claro. Deixou de ganhar.

      Mas arrancando os pentelhos SÓ quando o cara faz a coisa sem noção e aí cai feio mesmo da mesma forma quem tivesse comprado a ogx a 0,50 cents.

      Não tem a história do seu ex-gerente que se perdeu com opções? Provavelmente elas não custarem nem 1 real a unidade...

      Excluir
    23. Estou brincando mais sério com opções há pouco tempo.

      Não sei se irei brincar as opiças da Petro. Devo buscar ativos mais voláteis, com razoável liquidez.

      Infelizmente só Vale e Petro tem boa liquidez.

      Trabalho na Petrobras, sim.

      Excluir
    24. Vc tem que tomar cuidado DM. Acho que não vale a pena operar opções/ações da PETR, sendo funcionário da PETR. Vale?

      Excluir
    25. Não corre o risco de acharem que vc tem informação?

      Excluir
    26. Risco zero, sou peãããããoooooooooooooooooooooooo

      kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    27. Prof, esse parada de opções, de uma certa forma, me sinto um pouco responsável pela sua entrada no ramo.....

      Mas atenção: muito cuidado. é importante compreender com clareza o estratégico do que faz o que e como. E não existe jogo ganha-ganha ou empate-ganha sem antes assumir uma certa parcela de risco pra se fechar uma posição como essa que vc conseguiu com a L20 pulando pra L40 e lá atrás com aquela TB com Vale que montou antes do passamento caipira do RW, rs

      E vc escreveu:

      "Devo buscar ativos mais voláteis"

      Acredite o mundo dos sonhos de um operador de opções é exatamente o contrário! O mundo perfeito seria "descobrir" um ativo pouco volátil que possua opções disponiveis pra comprar (calls e puts) a preços justos.

      Porque? Porque se são pouco volateis suas opçoes serão baratas com custo baixo então posso comprar com folga grandes quantidades esperando uma explosão repentina numa straddlee por exemplo.

      Mas o "mercado não é burro", rs

      Ninguém vai dar esse mole na pedra.

      Resumindo: quanto mais volátil, mais dificil é, rs

      Excluir
    28. Hm.... tenz razão... eu pensei no operacional da coisa, ou seja, mais volátil -> mais provável de explodir.

      No entannnnto, aumenta o custo, kkkkkkkkkkkkk

      E sim, obviamente, corri o risco. Depois que a operação anda inicialmente pro lado certo, tudo fica "mais fácil". A ideia é conduzir a estratégia corretamente, certo? Pois então...

      Excluir
    29. E sim, vc é responsável!! Se eu quebrar a culpa é sua !!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkk

      Tb posso escrever um post admitindo meus erros, pode ser??? Tipo ME! rs

      Acho q amanhã vou embarcar nas A30.... rs

      Excluir
    30. kkkk

      Fiquei fora do ar não por problemas de conexão. Mas ocorreu um cisne negro aqui no meu barraco. Derrepentemente dona gnoma num acesso de fúria disse: foda-se, hoje eu vou fazer bolinho de bacalhaus... kkkk. Fiquei quieto e corri pra "adega" (uma prateleira improvisada) e peguei uma garrafa de Dão.

      Então agora, nesse instante, eu estou doi Dão!

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Mas não vc precisa "assumir" nada, porque no fundo vc nunca cometeu erros, só estava mal informado.. kkkkk

      ps - não entre em A30. Quanto está pagando na L40? Provavelmente nada. Se tiver que acontecer o "inesperado bom" a L40 estará exposta a esse evento inesperado. O seu game atual é empate ou ganha. Se vc se mexer na atual configuração e a situação X for ao contrário do desejado, vc muda a configuração pra perde- ganha e volta uma casa no game.

      Excluir
    31. A ideia era abrir uma nova operação e deixar as L40 quietas.

      Mas com as news, acho q vai ficar pra próxima! rrsrsrs

      Excluir
  6. Cara engraçado: http://www.infomoney.com.br/blogs/foolish/post/3028228/erros-que-cometi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bundia... kkkk

      Como cherei muito sulfeto na infancia uma - dentre as várias sequelas - é "comentar os comentários" fora de ordem... kkkk

      É aquilo: ele é maluco, rs. Mas parafraseando aquela velha piada da roda do carro que perde as porcas e o maluco é quem enxerga a solução d o problema: "ele é maluco, mas não é burro"

      Mas sem dúvidas, muito exageradas e fantasiosas as "histórias" do bruto. Ninguém quebra tantas vezes e nas formas como ele descreve e depois se recupera com tanta facilidade, rs

      Excluir
    2. Gnomo, olha os comentários do Facebook do Rogério Duprat:

      "Em resumo: tu és o rei Sadim. Midas ao contrário. Onde põe a mão, vira m..."

      "Uma alocação de mais de 50% do patrimônio do fundo numa startup, ou em qualquer empresa, é de uma irresponsabilidade atroz!"

      "Esse concorre com aquele outro acéfalo cujo grande predicado para o mercado é ser piloto de teco-teco, o tal de Coutinho. Embusteiro de quinta!"

      É seu parente, mizifio?? rsrsrsrsrsrs

      Excluir
    3. Prof, rs

      Salve novas descobertas da ciência, que eu saiba "juízo" não é algo que se transmite pelo dna.

      kkk

      Excluir
    4. Quem é Rogério Duprat, DM?

      Excluir
    5. Não conheço. Mas é um cara que tá comentando lá o post dele via facebook.

      Essa do juízo foi mto boa. Se superou! rs

      Excluir
    6. Tem um outro comentário ali que vai fazer a Wã se contorcer de prazer:

      HRT não foi um erro grave. Cai na categoria boa de "being wrong for the right reasons". Só acha que foi um erro grave quem não entendeu a assimetria do case. Taleb na veia.

      TALEB NA VEIA

      O turco taleb tá fodido; ele não levou em conta que o mandamento "não falarás meu nome em vão" não vale o escrito quando proferido entre seromanos... kkk

      k-k-k-k-k

      Um outro mais embaixo citou que ele chegou a recomendar "compra incentivando os desavisados a vender casa, carro e comprar tudo de HRT."

      É verdade. Eu e Mey Rey somos testemunhas daqueles vídeos aonde isso foi dito mais de uma vez e que por sinal já foram apagados do iutuba. Esses eventos não pertencem ao seu "timeframe" no Reino da RV, professor.... kkkkk

      Excluir
    7. hauhauhauhauhauha

      Gnomo, os vídeos tu tem q salvar tb!! rs

      Excluir
    8. Não sei salvar ioutuba. Isso é possível?

      Agora falando sério: o cara fez o que fez de cara limpa e não deu em nada.

      E ainda tem gente que se preocupa com o que andam escrevendo na blogosfeira financeira e fóruns afins ?

      Quem é o mais ingênuo da mesa ?

      É sempre quem pergunta?


      k-k-k-k-k-k

      Excluir
    9. Sim, sim, é possível salvar yoyotubiu sim. Só procurar os softwares. Inclusive, acho que tem app tb, dando pra salvar nos cellphones da vida.

      Há um tempo um cara da CVM me mandou e-mail com material publicitário. Teoricamente, eles estão de olho.... rs

      Excluir
    10. Ahhh... eu toda vez que tento baixar alguma coisa ou programa de web sempre acabo fazendo merda. Ainda bem que agora o windows tem essa porra de restaurar todo o sistema. Depois disso agora o tecnico de computador aqui do bairro nunca mais bebeu cerveja as minhas custas, um viva ao tio bill gates!

      CVM fazendo contato? Shhhh..... mas tá tranquilo. Li uma reportagem que eles lá da CVM atualmente não dão nem o dinheiro da passagem de onibus pros seus fiscais irem fazer a "ronda" nas corretoras e afins.... kkkkk

      Excluir
    11. Sim, é um artigo explicando tudo do básico da Bolsa (os instrumentos financeiros, etc.)

      Publiquei no blog. Acho q ninguém comentou. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    12. eu vi na época, muito chato.... kkkkkkkk

      Até porque o que nós da blogosfeira financeira curtimos mesmo são resultados e teorias financeiras estonteantes pra através de um complexo sistemas de trocas elogios automáticos, gerarmos valor para alavancar nossas audiências!

      Shhhhh..... kkkk

      Excluir
  7. O ME é inteligente mesmo. E inteligência, acho, não tem muito a ver com sucesso no mercado. Mas, até onde eu pude ver, ele não mente. Ele comprou HRTP e vendeu, comprou INEP e vendeu, saiu da Empiricus...Ele colocou dinheiro de verdade Gnomo, só não sei se foi o dele mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas seilá... realmente definir "inteligência" é algo muito,mas muito subjetivo. De vez em quando - mesmo tenho consciencia - que muitas das vezes ele só reproduz o momento pensante celebrado da moda, ele se abre em rasgos de sinceridade e crítica sobre o mercado que indicam que de vez em quando ele é assombrado por um senso crítico bem apurado.

      Essa sua dúvida eu até suponho que foi com o dinheiro dos outros. Só assim pra sair incólume pra depois nos contar como foi a história, tipo Zorba o Grego que depois que tudo desmorona alegremente ensina ao patrão que investiu suas economias em suas idéias loucas a dançar e a cantar no melhor estilo grego do relaxa e goza ..... kkkkkk (só vi o filme, não li o livro...)

      Mas quando falo em "quebras" me refiro mais aos excessos de cores em suas historias do tipo: perdi 90% de tudo com 1 termo; montei não sei quantas empresas e quebrei ou abandonei outras; saí de mãos abanando aqui e ali.... E outras mais que ele contou. O cara até sobrevive, mas renascer das cinzas depois tantas vezes não é bem assim, rs

      Excluir
    2. Existem várias definições de inteligência, mas a mais ampla é a capacidade de fazer conexões (pertinententes) entre diferentes assuntos.

      Os testes de inteligência são focados em lógica, pois é para tentar captar essa capacidade de olhar para coisas aparentemente sem conexão alguma, mas que no fundo possuem uma profunda ligação.

      Aproveitando, raciocínio é velocidade de pensamento! rs

      Excluir
    3. andou na moda nos anos 90 falar que a inteligencia emocional (QE) seria mais preponderante...

      tem alguma opinião formada sobre isso, professor?

      Excluir
    4. Não, não tenho nenhuma. Só conheço isso que escrevi aí em cima e olhe lá!!!!

      Mas concordo que para "vencer" no mercado não precisa ser gênio.

      Excluir
    5. Bem.... se for pensar bem, pra se vencer em qualquer coisa a sorte é bem preponderante.

      E as vezes a inteligencia até atrapalha, rs

      Mas com burrice, não tem jeito: atrapalha sempre! kkk

      Acho que burrice só empurra alguém pra frente quando se é soldado raso. Como diz na canção:

      Marcha soldado cabeça de papel,
      Se não marchar direito vai preso no quarteuuu

      "cabeça de papel" é a mensagem subliminar.... kkkkk

      copyrights: "mensagem subliminar" é uma expressão de uso exclusivo de mey rey; para usá-la dentro do reino das blue chips é necessário sua autorização prévia

      Excluir
    6. Fato, sorte ajuda MUITO rsrsrsrsrs

      Lembro de um dia q comprei MMX pra operar e dois minutos depois ela subiu 7%

      o/

      Excluir
  8. Rei !!!!!

    OGX na mínima!!! Amanhã será que dá pra pegar umas A30 ????? Entregão pela bagatela de 0,05.

    ResponderExcluir
  9. Agora é oficial.

    Sugiro não tripudiarmos. Estamos hospedados em casa virtual de Mey Rey e acho que é o mínimo que devemos retribuir em troca.

    Eu mesmo peguei pesado em junho do ano passado com voça majestice quando o primeiro baque na ogx ocorreu naqueles dias e hoje me arrependo. Espero que aceite minhas desculpas atrasadas pela impertinência demonstrada naquele junho de 2012 e principalmente pelas perguntas inconvenientes sobre volumes e valores, sorry!

    Mas como dito dias atrás: "Tamus junto, Mey Rey", rs

    Nem todas as minhas calls eu optei por rolar. Algumas da minhas calls eu optei por exercer nos 2 últimos meses ao ínves de rolar. E não pretendo vender esses ativos exercidos no tal último leilão antes de serem bloqueados. No meu caso não compensa porque o volume é relativamente baixo, mas cada caso é um caso....Portanto não sou referência porque minha forma de operar é mais peculiar ao dos jogadores. Apesar de intimamente não acreditar em jogos a dinheiro - principalmente contra a banca - porque esta sempre conserva pra si a expectativa positiva, rs

    E como diz o gaúcho da fronteira: "não tá muerto quem pelea"

    E o que o futuro reserva pra ogx? Ninguém sabe....

    Mas a hora é deixarmos as "especulações" para os outros. Façamos como o meu patrício Marques de Pombal após o terremoto de Lisboa: "Enterrem-se os mortos e cuidem-se dos vivos".

    Hora de abrir novo tópico, Mey Rey e com novos temas mais arejados.

    E nada de fratura exposta!

    Grande abraço, do seu amigo e cervo virtual....

    El Gnomo de Itapira







    ResponderExcluir
  10. Eu também perdi. Vida que segue. E isso vai passar... Tchau Rei e Gnomo!

    ResponderExcluir
  11. Acho difícil errar tanto em prazo tão curto e merecer o adjetivo de "inteligente", pra mim, o ME merece sua popularidade pelo entretenimento que proporciona. As bravatas, os chutes milimetricamente equivocados, criaram um público cativo, qual seria a m... lançada no próximo programa? O cara que vendeu a casa pra comprar hypermarcas se deu bem? A invocação em texto anterior do nome do Buffett e a recorrente citação do Taleb é só diversionismo, não há contexto ou propriedade temática nas citações, único objetivo aparente e dizer que leu Taleb e se atualiza com as cartas aos acionistas do Buffett. Mas, é entretenimento e certamente lerei seu próximo artigo.
    PS. Estar errado pelos motivos certos é um jogo de linguagem que só um entertainer poderia fazer. Não dá pra levar a sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bundia... é vc, Wã? rs

      Entendo e respeito porque vc não disse nenhum absurdo.

      Só acho dificil (sem querer ser contemporizador) definir se o bruto é ou não é inteligente, rs

      Porque de uma certa - nesse caso específicio - eu não só concordo como sigo a sua mesma linha de raciocíonio ditas entre: "As bravatas....... até......Buffett."

      Mas o meu ponto de dúvida espelha aquilo que aprendi ao longo de minhas vivências: ele é claramente mau-caráter. E quando o cabra tem essa índole realmente é muito dificil enxergar nele qualquer outra qualidade ou ponto forte. Mas pra mim é assim que funciona: só encontro o caminho dos pontos fracos do inimigo depois que identifico os pontos fortes. Caso contrário posso chutar no lugar errado e quebrar meu pé, rs

      Mas toda experiencia é pessoal e única.

      Excluir
    2. Não. Estou tirando um tempo do mercado...

      Excluir
    3. Sim. Tchau DM.

      Excluir
  12. E quanto a OGX, a partir da RJ creio a perspectiva muda muito pra melhor. Tal situação obriga os interesses a convergirem, e se não convergirem a definição é judicial, e portanto atenta a fatores diferentes da relação credor/devedor. A conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Só vejo 2 riscos latentes:

      1) politico: via ANP o governo pode optar pelo efeito "apaga memoria" e retirar as concessões pra enterrar o mais rápido possível o cadaver. A oposição vai explorar a exaustão o evento ogx ano vem, com certeza.

      2) pragmatico: uma solução similar a da varig e aí os acionistas ficam a ver navios literalmente; afinal de contas todo acionista é uma cota do sócio-empreendedor. Para muitos que insistem em entender a bolsa como "100% investimento" e não como uma boa parcela de postura de "empreendimento" (aventura) é duro explicar isso.

      Excluir
  13. Ainda sobre o assunto ME, guardem no HD pois não vai durar pra sempre:http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=27967964&tid=5404921230564131879&na=1&npn=1&nid=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há anos que não tenho mais nenhum perfil de orkut (eu tinha um verdadeiro exército....kkkk), portanto não dá pra conferir.

      Aliás depois da experiencia do orkut nem mesmo com um perfil fake me sinto confortavel pra interagir em web.

      Twitter, facebook ou blogger, essas maldições eu consegui evitar... Amém!

      "Só por hoooojeee...."

      http://www.youtube.com/watch?v=Iloq_ijn9H0

      kkk

      Excluir
  14. E lá se foi o Eike. Tragédia anunciada, é verdade.

    Rei, cancela a ideia das A30 por enqto..... rsrsrsrsrsrs

    Gnomo, já viu Usiminas? Voltou a ter lucro.... será q o foguete vai disparar novamente? rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complicado porque entrar depois que uma notícia dessa se torna publica de uma certa forma é operar tendencia. E operar tendencia é operação de curto prazo.

      Se o cara já vem posicionada com pm menor que o valor spot, tranquilo, aí sim pode fazer o modelo de aportes regulares acompanhando "por trás" o ativo.

      Mas se for pra entrar de prima normalmente é risco. Ainda mais que estamos rondando um topo historico lá na gringolandia há uns bons meses. E as news que vem não são nada animadoras, rs

      Se esrtivessemos num fundo de poço nos mercados, tudo bem, podia até estar mais cara...

      Numa situação dessas e se cabra "acredita" mesmo no papel só vejo 3 modelos pra comprar o ativo atraves do exercicio das calls.

      1) compra call seco, mas custa caro
      2) monta straddlle mas custa bem mais caro, nem sempre acerta apesar de apostar em 2 direçoes e usiminas não existem puts, terá que sintetizar e aí sai mais caro ainda.
      3) call backspread. Se ficar parado perde o custo de montagem e custa caro. Se cair recebe de volta o custo e ainda ganho um "choro" e se subir ao inves de resgatar o lucro exerce a call e fica com papel (mas somente se ficar bem itm a call a exercer). Isso aconteceu e deu certo agora pra quem apostou com esse modelo em csna.

      Excluir
    2. Eu tava me referindo ao papel mesmo.... não olhei o porquê dos lucros terem voltado, mas será que o mercado está reagindo?

      Commodities são mto cíclicas.....

      By the way, ainda não comecei a ler supermoney, mas to com uma ideia boa....

      Do q eu preciso pra gerenciar dinheiro dos outros?? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
    3. E eu também: o papel e a empresa, rs

      A empresa, claro, acompanho. Mas o meu foco é como operar o papel negociado em bolsa.

      Não gosto de tirar conclusões sobre os negócios em si. É preciso um envolvimento muito maior do que simplesmente ler news ou balanços publicos.

      O que vc precisa pra gerenciar o dinheiro dos outros?

      Talvez uma certa personalidade próxima a de Pai Mei.... kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    4. Vou fazer um fundo: e aplicar em fundos do Credit Suisse!!! kkkkkkkk

      E cobrar uma taxa de administração!! Supermoneeeeeyyyyyy

      kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    5. Falando em Supermoney,

      tu viu que um cara com R$ 14 milhões enviou um e-mail pro Viver de Renda perguntando o que fazer com a grana??

      O tal leitor tem 14 milhões e manda e-mail pra blogueiro com dúvida!! rs

      Excluir
    6. rs, muitos fundos americanos faziam isso aí que vc sugeriu...

      e sabe quem "ffundo" eles aplicaram pra cobrar tx de adm?

      no fundo de mestre madoff, rs

      Professor: como diria mestre chacrinha "nada se cria, tudo se copia" (nos ultimos 400 anos de mercado financeiro... kkk)

      a ideia (conceitual) do que seria supermoney não é exatamente isso que vc escreveu. Melhor ler o livro primeiro, rs

      Viver de renda era só mais um piadista, rs A loucura é que "parece" que foi levado a serio por muitos. Mas ainda assim fica a duvida: será no fundo TODO MUNDO estava só me trollando e eu não entendi? kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    7. Ele voltou!!!!!!!

      http://viverderenda.blogspot.com.br/2013/10/perguntas-dos-leitores-parte-iv.html

      Sobre os supermoney, vou ler sim... o mitos já tá no finaliznho, mas as 2 útlimas semanas foram corridas.... mtos bares!!! kkkkkkk

      Excluir
  15. Hey, li a introdução do texto da Orbe. Eles focam em valor, assim como eu.... rsrsrsrsrs

    "Essa lógica, além de ser temporária e eventualmente irá reverter, carrega também uma enorme falha: a percepção de risco vir da volatilidade das cotações diárias e não do risco fundamental do negócio que o ativo representa."

    ResponderExcluir
  16. Prof...

    Dentro do contexto do tal relatorio é preciso notar que eles não são tão incisivos a ponto de dizer: "somos focados em valor" como o senhor. Lendo o resto eles somente descrevem que consideram somente como uma oportunidade do "Momento Atual". Ou seja eles só estão explorando uma percepção de distorção.

    "o momento de distorção atual representa um interessante ponto na história para aqueles que como nós, buscam acumular participações de boas empresas a bons preços. "

    ***

    Essa é aposta deles, rs E estão certos nesse sentido de fazer escolhas. Obviamente possuem um plano B em caso de pane nas turbinas..... Espero, rs

    ****

    Mas numa leitura é importante não só "rastrear" aquilo que nos agrada ou nos valida. Mais em cima eles alertam, veja:

    Ilusão de Poder e o Poder da Ilusão

    É normal do ser humano superestimar seu nível de compreensão do mundo. Nossa necessidade mental por coerência, tão bem ilustrada por Daniel Kahneman no extraordinário “Thinking Fast and Slow”, faz com que descubramos
    ordem e padrões onde não existem. Todas as ciências que lidam com sistemas dinâmicos, como a biologia, a economia, a psicologia e a meteorologia, por exemplo, trabalham sempre com muitas possibilidades, e poucas certezas. Karl
    Popper defendeu que a ciência é estruturalmente hipotética, e evolui à medida em que refutamos hipóteses falsas e as substituímos por outras, mais próximas à realidade – até que estas sejam novamente refutadas. A busca pela verdade é constante, e a certeza deve ser passageira.

    Por esta necessidade de busca de ordem e coerência, o ser humano força-se a trabalhar com convicções que muitas vezes não encontram suporte em fatos, e muitas vezes, tampouco na lógica conceitual – apostas arriscadas em um jogo de probabilidades definidas, mas que “desta vez é diferente”

    ResponderExcluir
  17. Eu li tudo. Não é pq eu não fiz comentário q não significa que eu não concorde. Pra falar a verdade, normalmente eu comento o que eu discordo.....

    Essa necessidade do ser humano de buscar vieses para comprovar sua própria teoria é realmente muito forte.

    Anyway, qual o nome do livro do Kahneman em portuga?

    E o supermoney é 'trilogia'? Quais são os outros? Tem traduzido tb? Ainda não comecei ele, mas como vcs disseram q a linguagem é complexa.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prof,

      o livro do khaneman é "devagar e rapido" a versão dublada.

      eu chamo de "trilogia", mas não é exatamente uma trilogia, rs

      todos tem dublado em brasiles, um deles foi bestseller mundial, mas hoje em dia como estão fora de moda vc compra pelo seu "pêso".... kkk

      o primeiro é jogo do dinheiro (moneygame) o segundo é supermoeda (supermoney) e o terceiro é papel moeda (papermoney). Pra mim os melhores são o monegame e o papermoney.

      O autor é george goodman. Mas os seus livros são assinados pelo pseudonimo adam smith.

      curisosidade: foi ele no seu livro supermoney que revelou ao mundo a existencia do seu heroi buffett, sabia? rs Antes dessa entrevista que consta no livro ele era um ilustre caipira desconhecido. E de lá pra cá o buffett soube capitalizar aquela exposição inicial atraves do livro e se tornou uma celebridade, e claro, nos ultimos 40 anos desde essa entrevista soube tirar partido disso como ninguem. Uma raposa admiravel mr. buffett, sem duvidas! kkkk

      Excluir
    2. a linguagem dos livros não é complexa.

      Complexo é o ingles expressado pela forma do autor.

      Não é um livro tecnico que vc lê usando um sentido logico bem linear, relativamente facil.

      Ele usa uma mistura de expressões cultas, com vocabulario pouco usual e muita gíria de mercado e de rua norte-americana. E sempre muita ironia, duplo sentido. Ele é dificil de ler pra quem não é bem proficiente em ingles e cultura popular americana.

      Excluir
    3. Bom, tenho fluência em inglês, mas expressões mais do mercado realmente conheço poucas. Vamos ver no que vai dar.

      Na pior das hipóteses eu compro o traduzido.

      Excluir
  18. Prof, bundia!

    Hoje de manhã lá na academia me contaram que ontem à noite tinha um maluko alucinado tocando o maior terror na festa do halloween do Lord Jim vestido com uma camiseta estampada com um jacaré enorme de boca aberta!

    Isso é verdade? Vc estava lá e pode me confirmar?

    El Gnomo Lacoste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, não fui eu, não!!!!!! ontem foi dia de descanso, a semana já tava mto acelerada.

      E hj é sexta. E é aquilo: sexta-feira é sempre sexta-feira! rs

      Excluir
    2. Ufa.... tb duvidei desse factóide!

      Até porque ontem - com certeza - o senhor passou a noite inteira confrontando e conferindo os últimos dados do seu fechamento de outubro!

      kkk

      El Gnomo Auditor de Ranking

      Excluir
    3. A noite inteira não, mas perde-se uma maldita horinha fazendo isso.

      Mas eu jogo umas partidas de xadrez entre uma cotação e outra.

      Ainda faltou atualizar a página do Queda-Livre. Faço isso amanhã.

      Excluir
    4. Vc entrou vendido em csn e deu chabu? Como foi que vc montou o trade? rs

      Excluir
    5. Já tinha subido muito (assim eu achava rsrsrsrsrs) e vendi no dia 08/10 a 9,97
      Objetivo: 7,60 - 7,05
      Stop loss em 11,94, o qual foi atingido dia 16/10.

      Foi colocado em risco 0,89% PL... mais umas corretagens, deve ser um pouco mais alto, mas não chega a 1% não.

      1% do meu PL ainda é aceitável perder




      Bateu lá e tomei rsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
    6. olha só, próifs....

      várias questãs pra serem analisadas, rs

      esses dois objetivos de gain seria realizar metade em 7,60 e outra metade em 7,05?

      Excluir
    7. Na verdade, qdo batesse em 7,60 eu iria dar uma "sentida" no mercado, mas a ideia seria pegar o lucro todo ou aguardar o dia seguinte pra ver o mercado. Em ambos os casos, eu iria depois fazer a "mesma posição" numa put, pra não perder uma pernada de baixa mto forte (se ocorresse). (ou seja, pra cada 1 ação que eu estava vendido, iria tentar comprar 1 put).

      Excluir
    8. Sentida = setup incompleto rsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
    9. mas nesse caso de compra de put, antes, vc iria recomprar o ativo, certo?

      Excluir
    10. Sim, seria uma maneira de continuar mantendo a aposta, mas assegurando a maior parte do lucro inicial. Na verdade seria feita ao mesmo tempo.

      Excluir
    11. só perguntei porque se não recomprar nesse trade - na forma como vc descreve - estava arriscado devolver todo ganho até aquele ponto. quando se esta vendido em stock e se compra uma put vc "reforça" o trade vendido, mas não trava.

      mas por enquanto esquece isso.

      outra pergunta: vc vendeu a 9,97 com gain em 7,60 e loss em 11,94.

      qual era a sua expectativa de duração tempo (dias) pra esse trade fechar tanto pra um lado como pro outro?

      Excluir
    12. Sim, to ligado, por isso iria trocar, pois aí travaria parte do lucro já....

      Cara, eu olhei pelo gráfico semanal, então eu esperava na verdade de 4-7 semanas, +/-

      Excluir
    13. 4 a 7 semanas.... já volto nessa questão.

      decidi voltar pro que vc falou antes (não imaginava que vc ia "inventar" de comprar put estando vendido, rs).

      O certo já que vc apostava em continuidade de tendencia seria manter o stock vendido e travar o lucro até aquele ponto comprando uma call, entendeu? Se caisse mais o stock já vendido ficaria ainda mais barato e a call viraria pó; mas se o stock voltasse a subir, tudo bem, a call valorizando iria travar o lucro já conquistado na venda do stock.

      resumindo: o certo se trade fosse na direção certa era comprar call e não put.

      Excluir
    14. Mas no caso, não daria no mesmo? Em ambos os casos eu continuaria firme apostando na queda, mas travaria o lucro em determinado ponto.

      Mas confesso que não parei pra fazer as contas do que valeria mais à pena.

      Excluir
    15. seria igual se trade invertesse pra alta do stock imediatamente após a nova montagem.

      mas se vc mantem o stock vendido e compra call vc abre mais possibilidades. A medida que o stock caísse mais, vc poderia passar a acompanha-lo por trás com um stoptrailing tipo 2% de diferença do valor spot, enquanto isso a call antes comprada pra servir de trava passa a servir de nova posição apostando na alta de recuperação do ativo.

      na sua montagem anterior se vc recompra o stock garante o lucro, ok. Aí com a put comprada garante a manutenção do trade inicial, ok. Masss se inverter pra alta a put comprada vira pó e vc só ganhou na primeira fase do trade quando recomprou o stock.

      mantenddo o stock vendido com stoptrailing e uma call comprada, vc fica mais exposto a ganhar nas duas direções. Até porque uma queda de 24% (de 9,97 pra 7,60) é uma queda que provavlemente sofrerá algum repique mesmo que volte a cair depois de uma breve alta.

      essa é a diferença.

      Excluir
    16. Entendi. E sobre o tempo, o q vc iria comentar?

      Excluir
    17. arrendondando, vc colocou um gain de 24% e um loss de 20%.

      esses valores são muitos distantes, signficam uma expectativa de movimento muito forte do stock. o que se interpreta dessa aposta? (estrategia tenque ser coerente com a aposta). a interpretação é que se vc aposta num movimento tão grande nas duas direções fica mais seguro operar essa aposta somente comprando a put ou a call. Porque? Porque um movimento de 24% na direção certa de um stock tem gordura suficiente pra cobrir o custo de uma opção atm (call ou put). E uma opção tem liquidez na duração que vc estimou entre 4 a 7 semanas (1 ou 2 meses).

      agora se vc estivesse apostando num loss de 2% e um gain de 2,4%, tudo bem, aí é melhor operar direto no stock porque uma call atm mesmo indo na direção certa pode não cobrir o seu custo por conta do efeito tempo (time decay).

      e essa questão do loss 20% e gain 24% no stock ainda não esgotou.....

      Excluir
    18. Mas um loss de 2%, com toda a volatilidade que há no mercado, a depender do ativo, é muito fácil bater no stop... rs

      Excluir
    19. Veja bem... estou te mostrando a estrategia adequada a aposta.

      Não fui claro, porque o assunto é detalhado. Nesse nosso trade-estudo quando falo stock é o ativo-objeto e a opção (call ou put) é o derivativo desse stock.

      Então vc me disse lá no inicio que "analisou" o seguinte:

      "eu olhei pelo gráfico semanal, então eu esperava na verdade de 4-7 semanas, +/-"

      Então temos que ser fieis a aposta. De fato vc tem analisar "qual" será a sua leitura do ativo-objeto já que o derivativo vai junto (correl. positiva).

      Então se vc "acha" que vai rolar um movimento grande entre +24% e -20% é mais seguro fazer via call ou put atm. Mas se vai rolar um movimento pequeno de +2,4% e -2,0% então só tem espaço pra fazer via stock.

      e óbvio pra um movimento de 2% a duração do trade será bem mais curta. E acredite: mesmo um movimento de 2% se não pegar perto dos extremos da max e da min do intraday não se resolve num daytrade.

      e pela logica: se 2% de loss pega rapido (facil), então 2,4% de gain tb pega rapido (facil).

      Excluir
    20. acrescimo: num movimento curto o stock pode ser substituido por uma opção (call ou put) itm (delta = 1). mas tem que ficar atento. uma call pode fechar itm hoje e abrir amanhã atm ou otm e aí a relação 1 pra 1 com o ativo altera e aí o trade fica desequlilibrado caso o gain previsto seja muito apertado.

      Excluir
    21. buenastardes, prófis.....

      bem, vamos tentar fechar esse tema. Até porque já tá na hora de nosso quirido mey rey soltar novo tema para nosso deleite e debates... kkk

      fui ver que muitos dos seus fãos soltaram comentarios sobre seus trades. É aquilo: nada contra alguém ser contra operações de curto ou médio prazo. Mas será que eles sabem realmente que estão fazendo o "serto" em termos de longo prazo? acho que não, rs

      tem mais coisa aí nesse seu trade: o payoff

      payoff não uma verdade absoluta, mas tem o efeito de fazer vc pensar no minimo sobre retorno. O payoff exige mais que 2 trades pra se estimar, mas a partir de 2 trades já pra imaginar qual o seu grau de confiança (ou acerto) do seu setup.

      então se vc estima que o seu gain é 24% e seu loss 20% pra cada trade, então seu payoff a principio é 1,20. Então vc precisa de uma taxa de acerto de no mínimo 50% pra ser viável. Se pular pra 45% de acerto e 55% de erro vc já fica negativo.

      Vc pensou na sua taxa de acerto antes de montar esse trade tão "apertado" com um gain de 24% e um loss de 20%? Independente de ter perdido pouca grana, fique sabendo que mesmo sendo pouca essa não recupera mais. Ainda bem que foi pouca. E se fosse muita grana e ainda por cima numa posição de mais de 10 anos mantida em B&H? Adeus grana... longo prazo tem disso e observo que ninguém se toca disso.

      Percebeu como não adianta vc colocar um stop "menos facil" de ser disparado pra ganhar dinheiro em RV? Um stop muito distante ou nenhum stoploss exige um gain cada vez mais alto.

      E isso vale tanto pra curto, medio ou mesmo.... loooongo prazo.

      E no longo prazo (10 ou 20 anos, ala mestre portelão) é agravante. Porque se vc "erra" o gain do tal longo prazo, infelizmente talvez vc não tenha mais 10 ou 20 anos a frente pra "provar" que o seu setup (ou metodo buy and hold) tem pelo mesmo 50% de chances de acerto, rs.

      Entenda: nada contra o longo prazo. Mas as "regras" e "riscos" do longo prazo são "quase" iguais (mas não atuam igualmente) a do curto ou medio prazo. Se vc me diz que opta pelo longo prazo porque é menos trabalhoso, menos custoso... Ok, concordo. Mas mais eficiente ou com mais chances de dar certo, lamento, é uma ilusão. tudo depende da sua taxa de acerto no frigir dos ovos. A verdade é que todos os prazos de expectativa independente do metodo são de dificil acerto. Não são dificuldades exatamente iguais, mas na "média" (maldita média... kk) se igualam.

      E não adianta levantar o argumento da bandeira da diversificação. Se um por um lado a diversificação te protege de um tombo forte, por outro minimiza seus ganhos isolados por conta do sustento do conjunto: cobertor curto é nome disso.

      Excluir
    22. O lance é que lendo lá os seus amiguinhos leigos da blogosfeira fica a nitida impressão que se vc faz B&H de "boas empresas", vc está mais seguro, portanto pode apostar mais grana (tipo os 70% como o portelão) e que se vc faz "treidi" tem apostar menos (tipo uns 5%?).

      Mas estão todos errados, rs.

      Num mundo hipotetico, imagine renda de 5% ao ano em RF sem inflação sobre 100K. Ao fim de 10 anos vc terá 163K. Agora imagine -20% = 80K ao longo de 10 anos: 130K. Diferença de 30K a menos. É grande diferença? não.

      Mas e os tais 20% = 20K? Onde estão? Vc colocou em RV ao longo de 10 anos.

      Se esses 20K foram colocados em fundo passivo ibov nos ultimos 10 anos vc rendeu algo em torno de 500%, então teria:

      80K RF = 130K
      20K RV = 100K

      Tá bom ou é pouco, rs?

      E se tivesse dividido entre fundo ibov e as açoes que acertaram no cu da mosca teria sido muito mais.

      Mas vamos olhar de forma adequada como devemos olhar o futuro: e se tudo der errado e perder uns 75% em RV?

      80K RF = 130K
      20K RV = 5K

      é chato? É, rs... Mas comparando com o teto de 160K (5% aa) vc não cai do cavalo e ficaria à pé caaaso tivesse metido 50%, 70% ou a loucura de 100% em RV por ser ingenuo ao acreditar em excesso de confiança por se achar capaz ou mesmo um expert em garimpar boas empresas pro LP ou mesmo se achando o supertrader do curto ou medio prazos.

      Escolha o caminho que quiser em RV: treidi, B&H ou mesmo aportes regulares ala malkiel... mas SEMPRE seja prudente com o limite comparado a taxa livre de risco. E principalmente não vá em conversa fiada de corretora, banco, autores de livros com metodos incriveis e faceis e nem nas aulas de mestres de web ou até os mais humildes colegas de fóruns.

      RV, de fato, é o único ambiente que pode proporcionar um ganho exponencial sobre dinheiro investido sem exigir "trabalho". Mas é preciso saber se expor a esse exponencial. Então se o ganho é exponencial e a perda limitada mas passível de ser 100%, então a unica maneira de tirar proveito disso é se expor a ganhos exponenciais sobre baixa exposição independente do seu "método": tanto faz se curto, medio ou longo prazo.

      ps - pra encerrar o seu trade vendido em csn. nunca, jamais "durma" vendido a descoberto em nenhum ativo. venda a descoberto é uma operação segura, mas custa caro. pra se dormir vendido num ativo ainda mais por 4 ou 7 semanas como vc projetou é preciso estar no minimo comprado com uma call otm pra segurar o rojão caso caia do ceu uma noticia tipo a Vale comprou a CSN. Já pensou? Ela talvez de 11,00 pulasse pra 20 ou 30 e vc ia ter que cobrir essa diferença. Não condeno a operação, muito pelo contrario. Mas pra ser feita tenque ser corretamente. E dormir vendido sem estar com uma call no minimo otm comprada foi seu maior erro de todos. Deixei pro final porque tudo acima que escrevi é "passível" de opinião. Mas vender a descoberto a seco sem call comprada na retaguarda deveria ser proibido corretoras permitirem isso.

      Excluir
    23. Realmente, a questão do tempo é primordial. É fato que se chegar lá na frente e tudo deu errado, vai ser bem triste! rsrsrsrs

      Eu já entendi a sua visão há tempos. A questão de maior exposição na RV também leva a um potencial maior rendimento, assim como uma exposição a uma maior perda. Isso vai do perfil do investidor e do tamanho da sua posição.

      Atualmente minha posição não é muito pequena, mas também não é muito grande, então acredito que possa ficar 100% em RV sem maiores problemas. Estou me arriscando muito? Sim, mas com a nossa economia patinando já há tempos, é o famoso compre ao som dos rojões e venda ao som dos violinos.

      Voltando ao trade: no caso de ter comprado a call qdo o papel tivesse atingido o objetivo, ao invés de comprar a put, eu provavelmente teria um ganho reduzido em relação à put se o papel continuasse caindo, certo? Nem fiz contas, mas na primeira estratégia dá pra "ganhar" pros dois lados e na segunda só em uma direção.

      E, só puxando seu exemplo, se os 100k fossem pro lado certo, teriam virado 620k.

      A questão é: quem está disposto a correr o risco de 15k / 620k ?

      Concordo que é muito arriscado; matematicamente falando, mas sinceramente, não consigo ver uma carteira inteira de empresas atualmente lucrativa ter um derretimento de 75% como vc citou. É como se todas essas empresas tivessem praticamente quebrado....

      Excluir
    24. Bundia, Prófis...

      Esse lance de "perfil de investidor" já é a conversa fiada de bancos. Ele fazem uma tabela em formato de pizza num folder bem bonito e ali estarão te vendendo um produto financeiro qualquer que naquele instante se enquadra com o seu "humor" do momento. Repito: humor. Um banco é como um grande supermercado: o importante é que tenha um pouco de tudo, pra que o fregues NUNCA saia de mãos abanando.

      Nenhum "balcão" vai viver (ou ganhar $) te vendendo somente aquilo que vc precisa e na quantidade necessária.

      Esse lance de conservador versus agressivo é somente uma forma te excitar a "escolher" um produto através de uma idéia falsamente racional sobre o seu futuro que obviamente é imprevisível.

      Vc tem o viés do otimista. Tb sou, caso contrário nem perderia meu tempo com mercado financeiro e mais meia duzia de verdadeiras bobagens que não vem ao caso no momento... kkkk

      Mas vc SEMPRE analisa o futuro pelo melhor resultado. Só que não se deve fazer assim. Deve-se focar no resultado o mais livre de risco possivel (isso tb é uma ficção, só que mais suave..) e primeiro manter-se próximo a ele considerando o pior cenário imaginável (por isso imaginar uma queda de 75% em RV), mas mantendo-se exposto durante todo o tempo o máximo possível a "possibilidade" de um ganho exponencial.

      Na útlima semana a Princess Wã disse várias coisas importantes e desconfio que vc não deu a devida atenção.

      Uma delas foi o ind. sharpe. Não é nenhuma ferramenta infalivel ou perfeita. Mas permite pelo menos uma caricatura bem legível do que vc está fazendo com seus investimentos. Como ela disse: não é a mesma coisa e muito menos uma boa idéia vc ter uma rentabilidade igual ou levemente superior entre 2 portfolios no qual os seus ind. sharpes apresentam grande diferença.

      Acho que vc tem menos de 30 anos. Mas quando chegar a 50 e 60 vai finalmente sentir no couro que ser agressivo em investimentos é como uma espingarda de um tiro só. Acertou o leão, ok. Se errou vc é o almoço do bicho. Como tb ser for conservador ao extremo é como aquele garrafa de vinho que vc guardou 20 anos pra uma ocasião especial e quando finalmente abre virou vinagre.

      Existe o risco temperado com bom senso ou com ingenuidade ou com a burrice.

      Como parametro juntando 100K de capital aos poucos, se o cabra ta começando a vida, e começa investindo em RV, tudo bem ficar 100% em RV nessa fase inicial. Mas se os primeiros 20 a 30K forem em RV os proximos 70K terão que ser em RF. Agora essa historia de vou "aumentar" meu bolo enquanto sou jovem em RV pra depois ir diminuindo a exposição grandes chances de dar errado. Ou vc é louco e vai a vida toda 100% em RV tanto faz se comm pouco ou muito ou segue uma metodologia mais ou menos igual por um longo periodo. Caso contrario vc se expõe a "errar" nos dois momentos: quando jovem aumentando exposição a RV num mercado ruim; e depois velho aumentando exposição a RF quando o mercado finalmente ffica bom.

      Excluir
    25. Esse lance de momento economico bom ou ruim nem vc e nem eu ou ninguém é muito capaz de saber.

      Vc cita que é dificil um carteira de RV cair 75%. Tb acho. usei isso como exemplo de pior cenario. Até porque se eu sugerisse só 50% de queda, seria até um certo otimismo.... kkkk

      mas lembre-se em 2008 o ibov foi de 74K pra 28K. Queda de uns 65% mais ou menos. E quando entrou 2009 subiu quase 90%, rs

      Mais uma vez a Wã dissse algo útil por aqui e não sei se vc prestou atenção:

      "quem estava 100% em RV em 2008 sobrou algum ($) pra aproveitar os preços de 2009 pra comprar alguma coisa?"

      Eu acho que não, rs. Isso sem contar o medo, o terror que nunca mais o mercado se recupera.

      Duvida? Olhe isso:

      http://forum.investidoragressivo.com/viewtopic.php?t=5487&postdays=0&postorder=asc&start=0

      Esse forum existia desde 2004. Anterior ao advfn e ao infomoney. O fórum já morreu junto com seus mestres da epoca. Ali todos os sabios vinham desde 2006 investindo pra LP na febre da "petro e vale ". Deu no que deu. É a historia que se repete em todas as epocas do mercado.

      Veja commentario do caozinho rin tintim. é o único que declara abertamente apostar que o mercado sobe em 2009 depois do tombo forte de 2008. Os mestres proferiram que nada ia mudar em 2009. Ou seja... o ruim ou ia se manter ou ficar pior. Claro... entraram com tudo e o medo e a decepção são grandes.

      Não que o caozinho seja um "bom adivinho". Mas acho que ele estava animado porque seu grau de exposição era adequado e provavelmente estava apto pra poder comprar alguma coisa na liquidação. E liquidação de verdade depois de um "impossivel" tombo de 65% como vc sugere nas "boas empresas".

      Mas o que temos hoje? um tremendo meio de copo nos mercados brasileiros e um possivel topo historico nos states.

      é pra ficar de fora? Talvez não. Mas sim com exposição mínima, bem minima. Se subir tranquilo, vai aumentando a exposição fazendo preço medio pra cima. E se cair tranquilo: baixa exposição e poder de compra preservado.

      Não entendi o seu calculo de 100K chegar a 620K. Mas mesmo não entendeno percebo mais uma vez seu viés de otimismo.

      Acho (aaaachooo) por observação que vc é um pouco influenciado pelas carteiras fakes de personagens fakes de web. A média dos nossos herois é que em meses ruins tiram só uns 3% e nos meses bons uns 9%.... kkkk

      Cuidado...

      Excluir
    26. Sobre o trade, escrevi lá em cima acho melhor vc reler.

      Se o stock vendido vai na direção certa, ao atingir o gain esperado, mas acha que vai mais fundo, vc não o vende. permanece vendido com ele e compra a call com strike perto do teu gain. Se continuar a cair a call vira pó e stock continua na linha do lucro. Se inverter a call trava o lucro anterior. Mas a diferença é que se continuar a cair o stock vc pode ir acompanhando sua tendencia com um stoptrailing. Se disparar, ok, lucro no bolso. E se a tendencia inverter a call que antes era uma trava, quando vc recompra o stock no stoptrailing ela passa a ser uma nova posição apostando na alta (inversão). Se vc está comprado na put se inverter pra alta ela virá pó (considerando que quando comprou a put recomprou o stock, claro)

      Excluir
  19. Princess Wã, bundia!

    Já notou que desde o dia 29 Pai Mei está dicaladinho?

    Será que aquele talento de cometer erros finalmente o abateu de vez?

    Alguém já foi lá encostar o espelho nas ventas do animal pra conferir?

    El Gnomo Fênix

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi nada.

      Ela faz igual aquele menino (mas é ela menina, tá... rs) do filme "História Sem Fim"

      http://pt.wikipedia.org/wiki/The_NeverEnding_Story

      Excluir
  20. Mey Rey, bundia!

    30% de auta!

    é nóissssss

    El Gnomo Brazil Oil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OGX tá igual opção da Petro, rsrsrsrsrs

      Excluir
    2. pqp... agora tá só +15%

      o segredo do sucesso em bolsa é ficar calado; é só vc correr pro fórum e cantar a pedra que o trade vira ao contrário!

      batatolina.... kkkk


      El Gnomo Pé Trocado

      Excluir