O Rei das Blue-Chips!

O Rei das Blue-Chips!
O objetivo deste blog é de mostrar opiniões sobre o mercado de ações no Brasil.

30/01/2011

Não existe economia liberal no mundo ocidental.

Vi pelo youtube a palestra deste link , em que o Instituto Mises (os que defendem a economia sem governo, chamados neste blog por IREL - Igreja Radical da Economia Liberal), através do palestrante, desce a lenha no Brasil para criticar o modelo econômico, quase comunista, do país.

Até concordo com os números e alertas do palestrante, mas pergunto: há alguma economia liberal no mundo ocidental? A resposta é NÃO!

Nos EUA não existe capitalismo liberal de fato. O que existe lá é um espírito empreendedor e fortemente competitivo, centrado no indivíduo. Mas está longe de ser liberal porque o governo controla tudo. O maior exemplo foi a causa da crise econômica de 2008: cada americano, mesmo sem condições, poderia comprar mais de um imóvel, já que os juros são subsidiados (pagos pelo governo através de deduções no imposto de renda). Isso provocou o excesso de alavancagem no sistema e a quebra no fim de 2008.
Não dá para falar em capitalismo liberal na Europa, com a França quase socialista, Escandinávia e sua carga tributária de cerca de 50% (quer mais socialismo que isso?).

No Brasil não existe espírito individual empreendedor e competitivo como nos EUA, razão pela qual aqui parece não haver capitalismo. Mas eu diria que o capitalismo brasileiro é mais selvagem do que nos EUA, com origem na própria história do Brasil, que começou com uma empresa privada financiada pelo Rei de Portugal  (a Cia. das Índias Ocidentais), que aqui aportou em 1500 e começou a depredar todas as riquezas do país para levar para fora, sem nenhum investimento interno. O que aconteceu nos EUA foi o contrário: cidadãos ingleses descontentes e empreendedores correram para lá para fundar uma nova nação e com total investimento interno.
Nunca existiu e nunca existirá economia liberal sem fortes controles de governos. Os governos nascem na economia, de uma forma ou de outra. É como pensar um condomínio sem síndico.

2 comentários:

  1. KKKKKK, FAbiano concordando comigo????

    Mas eu não sou comunista não, sou realista.

    ResponderExcluir